quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

RESENHA: O INFERNO DE GABRIEL - SYLVAIN REYNARD - EDITORA ARQUEIRO

Postado por Bárbara Bigosinski às 09:43
Titulo Original: Gabriel's Inferno

Páginas: 512

Autora: Sylvain Reynard

Editora: Arqueiro

IBSN: 9788580411263



Resenhar sobre “O Inferno de Gabriel” não vai ser nada fácil, pois estou perdidamente apaixonada por esse livro.
A princípio fiquei com medo de ser mais um livro no estilo “Erótico e masoquista”, julguei o livro pela capa e acabei adiando a leitura, deixando-o de lado. Mal sabia eu o tamanho engano que estava cometendo.

Sinopse:
A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher.
Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.
O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados.
Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer.
Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.
Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.

Há muito tempo eu não lia um Romance tão intenso e enigmático. Um mundo de segredos, revelações surpreendentes e uma paixão impossível. A estória vai muito além do romance impossível entre Professor e aluna.

Professor, especialista em Dante¹ na Universidade de Toronto e filho adotivo de uma família muito amorosa e unida, Gabriel Emerson é um homem enigmático, cheio de pecados e com um passado que o assombra.
Julia (Julianne Mitchel) é uma jovem da Filadélfia, estudante de mestrado em Dante. Ela tentou entrar em Harvard, mas não pôde pagar e acabou optando pela Universidade de Toronto, onde terá aulas com Gabriel.
A primeira aula deles não é muito agradável, os dois se estranham bastante.

Ambos já haviam se encontrado no passado, Julia se lembra claramente do que aconteceu entre ele, mas Gabriel não a reconhece.
 A atração entre eles não demora a acontecer, mas eles são totalmente o oposto um do outro. Ela é delicada e ele é rude, ela é um anjo e ele um anjo caído. A situação deles é muito tensa e com a chegada de Rachel, melhor amiga de Julia e irmã adotiva de Gabriel, as coisas começam a sair do controle.

Julia só tem um único amigo em Toronto, Paul, companheiro de turma.
 As regras da Universidade de Toronto são claras, não pode existir nenhum tipo de relacionamento entre professor e aluno, nem mesmo amizade.
Os dois acabam se entregando a paixão, mesmo com tantas regras os impedindo, e o rude professor Emerson se mostra um homem carinhoso, gentil, educado, amoroso e muito cavalheiro.
Nem tudo é um mar de rosas, eles têm muitos segredos, são muito machucados, e isso nos leva a uma estória incrível.

Esse é realmente um livro que nos faz viajar e lembrar de tantos outros clássicos, como Shakespeare, Brönte, Tolkien. Outro grande destaque é “trilha sonora” apresentada no livro, músicas perfeitas para cada cena do livro.

O livro surgiu de uma fanfic de Crepúsculo, porém, em nada me lembrou os livros de Stephenie Meyer.

O autor, Sylvain Reynard, soube perfeitamente usar cada palavra escrita no livro, todas elas inclusive os palavrões, foram muito bem colocadas e genialmente dosadas.

A trilogia continua com:
 • O Julgamento de Gabriel
 • A Redenção de Gabriel
Ambas publicadas pela editora Arqueiro.

Não vejo a hora de continuar essa trama, terminei o livro sem querer largá-lo.
Termino a Resenha com duas citações, ou melhor, declarações que mais me encantaram no Livro.

“A sua realidade é muito mais bela e fascinante do que qualquer fantasia. Entre você e o sonho, eu nunca escolheria o sonho”

“Se eu tenho uma alma, ela é sua”

Gabriel Owen Emerson, um personagem pelo qual eu realmente me apaixonei.





 ¹Dante Alighieri: Entre 21 de maio e 21 de junho, 1265, Florença (Itália) 14/09/1321, Ravena (Itália). Poeta Italiano, autor de “A Divina Comédia”. Aos nove anos de idade Dante conheceu Beatrice (Beatriz) Portinari, que seria a musa inspiradora ao longo de sua obra; com 16 anos ele voltou a encontrá-la e escreveu para ela o primeiro de seus famosos sonetos de amor. 




3 comentários:

Renata on 2 de fevereiro de 2014 10:43 disse...

A resenha está ótima!! Só um detalhe, Sylvain Reynard é o pseudônimo de um homem, ele já afirmou isso várias vezes... ;)

Bárbara Bigosinski on 2 de fevereiro de 2014 11:51 disse...

Olá, Renata!!.. Obrigada pelo aviso, estarei concertando o erro!

Francielle Couto Santos on 3 de fevereiro de 2014 21:30 disse...

Babi, é engraçado como esse livro é mal interpretado (por sua capa e título, talvez). Muitos já me perguntaram se ele se trata sobre anjos e demônios através de um cenário sobrenatural. Mas nem é isso... enfim. Eu não li o livro e permaneço sem dar prioridade a ele, mas me alegra saber da qualidade da trama e no quanto ela é intensa. Vou aguardar por seus comentários acerca da continuação, coisa que eu torço para que permaneça com qualidade e bons ganchos para o desfecho da trama.

Um abraço!
http://universoliterario.blogspot.com/

Postar um comentário

 

Por uma leitura Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos